Coronavírus

Covid-19. Teste positivo após receber a vacina não é razão para alarme

Francisco Carvalho

Francisco Carvalho

Editor de Imagem

Aconteceu a um português em Inglaterra. O testemunho de Bruno Claro à SIC.

Saiba mais...

Nunca é demais relembrar que apesar da vacinação já ter arrancado, todas as regras de segurança devem ser mantidas, até porque é possível contrair a doença mesmo depois de se receber a primeira dose da vacina.

São casos normais e expectáveis e não há razão para alarme. Foi o que aconteceu a um português, residente em Londres, que está na linha da frente do hospital mais antigo de Inglaterra.

Bruno Claro é português e vive há 11 anos em Londres. Chefia a equipa de perfusionistas do hospital mais antigo de Inglaterra e está desde o início da pandemia na linha da frente. Por isso, foi um dos primeiros a receber a vacina da Pfizer.

Dias depois, testou positivo à covid-19.

São casos normais e não há razão para alarme, até porque os estudos mostram que o máximo da imunidade só é alcançado alguns dias depois de ser administrada a segunda dose.