Coronavírus

Covid-19. Reino Unido em nível máximo de alerta 

PAUL CHILDS

Em causa está o risco material de esgotamento da capacidade do serviço de saúde nacional.

Especial Coronavírus

O nível de alerta no Reino Unido devido à covid-19 vai subir para 5, ou vermelho, o que significa que está em risco material de esgotamento da capacidade do serviço de saúde britânico (NHS).

O sistema foi criado em maio e é a primeira vez que é acionado o alerta máximo, depois de sete dias consecutivos acima dos 50 mil novos casos diários. O sistema, que se refere à ameaça da pandemia, é definido pelo Centro Conjunto de Biossegurança, que inclui os médicos-chefes dos quatro países.

Num comunicado citado pela SKY News, o centro admite que os sistemas de saúde estão "sob grande pressão" e os médicos dizem que não estão confiantes:

"Atualmente, há taxas muito altas de transmissão na comunidade, com números substanciais de pacientes covid em hospitais e nos cuidados intensivos (...) Os casos estão a aumentar em em grande parte do país, impulsionados pela nova variante. Não estamos confiantes de que o NHS (sistema de saúde britânico) consiga lidar com um aumento dos casos. E sem medidas adicionais, há um risco material do NHS, em várias áreas, de ficar sobrecarregado nos próximos 21 dias."

Reino Unido regista quase 60 mil novos casos e ultrapassa 75 mil mortes

Nas últimas 24 horas, o Reino Unido registou 58.784 novos casos de covid-19 e 407 mortos.

No domingo tinham sido contabilizados 54.990 casos e 454 mortes. Nos últimos dias a média diária de casos aumentou 50% e a de mortes 21% comparando com os sete dias anteriores.

Desde o início da pandemia foram contabilizados 2.713.563 casos de contágio e 75.431 mortes de pessoas infetadas no Reino Unido.

O primeiro-ministro britânico vai anunciar esta segunda-feira à noite novas medidas para conter a pandemia de covid-19 e o Parlamento foi convocado para se reunir extraordinariamente na quarta-feira, sugerindo que poderá ser decretado um novo confinamento nacional.