Coronavírus

"Ansiávamos pelo confinamento". Diretora das urgências do S. José acredita ser a única forma de conter a pandemia

Em entrevista à SIC Notícias, Catarina Pereira pede desculpa pela expressão que usa, por saber o impacto que poderá ter em muitas famílias. No entanto, acredita que o confinamento é o único caminho para inverter o rumo da pandemia.

Saiba mais...

O hospital de São José, em Lisboa, entrou no último nível de emergência, Catarina Pereira, diretora dos Serviços de Urgência, explica, em entrevista à Edição da Tarde da SIC Notícias, o que realmente isto significa.

"Estamos a atingir praticamente o último nível da nossa capacidade, embora tenhamos ainda capacidade de resposta para internar quer em enfermaria normal, quer em cuidados intensivos."

O plano de contingência, diz a médica, "foi desenhado estabelecendo todos os cenários e atualmente, e à data atual, o plano que está a ser seguido é exatamente o que foi previsto (...). Neste momento nada está ser improvisado".

No entanto, Catarina Pereira explica as possibilidades que podem ser adotadas caso o Hospital de São José atinja o limite de internamentos.

A afluência às urgências do doente não covid "mantém-se", e Catarina Pereira garante que "de modo algum foi privilegiado o atendimento no circuito covid". Acrescentando que a gestão dos recursos humanos tem "passado por várias fases".

Catarina Pereira acredita que o confinamento geral é a única forma de conter a pandemia em Portugal. Apesar de reconhecer os impactos que a medida pode ter nas famílias, diz que não ter ficado surpreendida com os cenários equacionados na reunião do Infarmed. Pede desculpa pela expressão, mas diz que os médicos ansiavam um novo confinamento.

  • Mussolini: o pai dos populistas

    Extremos

    Antonio Scurati descreve Mussolini como "o primeiro líder populista da História". O líder fascista "é sem dúvida um ditador, mas foi também o ideólogo da tipologia de liderança populista que ainda hoje domina a cena política", conta o professor e investigador italiano à equipa Extremos

    Maria Rodrigues e Rita Murtinho