Coronavírus

11 de janeiro, o dia com mais mortes em Portugal nos últimos 12 anos

Pandemia e frio explicam 633 óbitos num dia.

Saiba mais...

A última segunda-feira 11 de janeiro foi o dia com mais mortes em Portugal, nos últimos 12 anos. Ao todo, morreram 633 pessoas, a maioria por causas naturais.

Os dados do Sistema de Informação dos Certificados de Óbito são hoje citados pelo jornal Público.

Cruzando estes dados com os divulgados pela Direção-geral da Saúde, segunda-feira foi também o dia com mais mortes por covid-19: foram 155, ou seja, apenas 1 em cada 4 óbitos ficaram a dever-se à pandemia.

Os especialistas ouvidos pelo Público lembram que a mortalidade aumenta sempre em janeiro e consideram que o máximo registado no inicio desta semana estará relacionado com a combinação entre a covid-19e a onda de frio que está a atingir o país.

Desde 2009 que não havia tantas mortes num só dia.

Portugal com 155 mortes e 7.259 casos de covid-19 em 24 horas

Na terça-feira, Portugal registou mais 155 mortes relacionadas com a covid-19 e 7.259 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim Direção-Geral da Saúde.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 8.080 mortes e 496.552 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando esta terça-feira ativos mais 1.076 casos, num total de 110.388.

Quanto aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 4.043 doentes, mais 60 em relação a segunda-feira, das quais 599 em cuidados intensivos, mais 32 face ao dia anterior.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 125.296 contactos, mais 5.004 relativamente a ontem.

O boletim revela ainda que foram dados como recuperados mais 6.028 doentes. Desde o início da pandemia em Portugal, em março, já recuperaram 378.084 pessoas.

Pandemia já matou mais de 1,96 milhões de pessoas no mundo

A covid-19 já matou pelo menos 1.963.557 pessoas no mundo e infetou mais de 91.574.350 desde o início da pandemia, em dezembro de 2019, segundo o levantamento realizado hoje pela agência de notícias AFP de fontes oficiais.

Desde o início da pandemia, pelo menos 56.306.300 pessoas já foram consideradas curadas.

Na terça-feira, 17.623 mortes e 737.900 novos casos foram registados em todo o mundo.

Os países que registaram o maior número de novas mortes em seus levantamentos mais recentes são os Estados Unidos com 4.473 novas mortes, México (1.314) e Reino Unido (1.243).

Links úteis

Mapa com os casos a nível global