Coronavírus

Associação de cabeleireiros: "São pequenas e micro empresas que estão sem trabalhar há um mês"

Presidente da Associação pede uma reabertura o mais rápido possível.

Saiba mais...

O setor dos cabeleireiros, barbeiros e esteticistas é um dos mais afetados pela pandemia de covid-19. O Presidente da Associação de Cabeleireiros de Portugal, Fernando Sousa, pede a reabertura imediata dos estabelecimentos.

"Fomos considerados um setor não essencial e não entemos porquê", afirma o representante, explicando que não se conhece nenhum surto que tivessem tido origem num cabeleireiro.

Fernando Sousa sublinhou que o setor é feito de pequenas e micro empresas que estão sem trabalhar e sem rendimentos há um mês.

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou esta sexta-feira que "este, infelizmente, não é ainda o tempo do desconfinamento", motivo pelo qual o Governo aprovou o decreto regulamentar do estado de emergência, que se iniciará na terça-feira e se estenderá até 16 de março, sem qualquer alteração.

  • 16:26