Coronavírus

Covid-19. Brasil atinge novo máximo de mortos com hospitais perto do colapso

As festas de Carnaval ilegais e o alívio das restrições funcionaram como um rastilho de pólvora.

Saiba mais...

Os Estados Unidos querem vacinar toda a população norte-americana até maio. O anúncio foi feito por Joe Biden no mesmo dia em que o segundo país do mundo com mais mortes, o Brasil, atingiu um novo máximo.

Só nas últimas 24 horas morreram 1.641 pessoas com covid-19 no Brasil. Desde o início do ano que o país atinge novos máximos de mortes e hospitalizações.

As festas de Carnaval ilegais e o alívio das restrições funcionaram como um rastilho de pólvora no país que enfrenta ainda uma nova estirpe mais agressiva, detetada no Estado do Amazonas.

Na grande maioria dos estados brasileiros os hospitais estão perto do colapso.

À crise sanitária junta-se uma crise política que se arrasta há largos meses, com Bolsonaro e vários governadores em pé de guerra.

Com pouco mais de 3% da população vacinada, o Brasil enfrenta vários entraves no processo, com a escassez de vacinas e as dificuldades nas negociações para aquisição de novas doses.

Já nos Estados Unidos a campanha de vacinação acaba de ganhar um novo impulso, com o anúncio de que o país deverá vacinar toda a população adulta até final de maio.

Aos 75 anos, a cantora Dolly Parton recebeu a primeira dose da vacina da Moderna, precisamente um ano depois de ter doado um milhão de dólares para financiar a vacina.

  • 2:55