Coronavírus

Covid-19. Lisboa é a região com mais casos no país, surtos estão relacionados com eventos sociais

borchee

Segundo a DGS, há nove surtos. Estão relacionados com festas de aniversário, casamentos e outros eventos sociais.

Saiba mais...

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região com mais casos de covid-19 em Portugal.

O último boletim dá conta de 557 novas infeções, o que representa 61% do total de 910 casos registados em todo o país.

Segundo a Direção Geral de Saúde, há nove surtos na região. Estão relacionados com festas de aniversário, casamentos e outros eventos sociais. Destes ajuntamentos, já resultaram pelo menos 194 casos de covid.

Lisboa registou também a maioria das mortes das últimas 24 horas. De seis, cinco registaram-se na região.

Em todo o país, nos hospitais, continuam internadas 295 pessoas. 72 estão nos cuidados intensivos.

Governo reconhece dificuldade em reduzir casos em Lisboa

O Governo reconhece que tem sido difícil reduzir os novos casos de covid-19 em Lisboa.

A incidência em Lisboa tem vindo a aumentar nas últimas semanas. O concelho da capital já ultrapassou a linha dos 120 casos por 100 mil habitantes e, por isso, não avança para a próxima fase do desconfinamento.

Enquanto a maioria do país vê as restrições a serem aliviadas, Lisboa vai manter as medidas. O teletrabalho permanece obrigatório, assim como o limite de encerramento para restaurantes e espetáculos culturais às 22:30 e o comércio às 21:00. Aos fins de semana e feriados, o horário de fecho é antecipado para as 19:00.

PSP reforça policiamento nas ruas de Lisboa até domingo

A PSP reforçou o policiamento nas ruas de Lisboa até domingo. Com os arraiais proibidos, as autoridades querem evitar ajuntamentos na cidade durante os Santos Populares.

A intervenção da PSP tem como "absolutamente prioritário" o eixo central de Lisboa, nomeadamente as zonas do Bairro Alto, Cais do Sodré e Avenida 24 de Julho, "em que a polícia vai, também em coordenação com a Polícia Municipal, efetuar algum controlo de acessos, portanto haverá limitações à circulação rodoviária e pedonal".

O comissário da PSP Tiago Fernandes disse esta quinta-feira que os agentes estarão ao dispor dos cidadãos para que sejam respeitadas e cumpridas as normas sanitárias, nomeadamente, a proibição do consumo de álcool na via pública e a utilização de máscara.