Coronavírus

Variante delta deve tornar-se dominante em Portugal nas próximas semanas

Em apenas um mês, registou um aumento de 4% em maio para 55.6% em junho.  

Saiba mais...

A variante delta já é responsável por mais de metade das infeções pelo novo coronavírus em Portugal.

Os dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Ricardo Jorge (INSA) mostram que, em apenas um mês, a variante associada à Índia registou uma "subida galopante" dos 4% em maio para os 55.6% em junho.

O investigador do INSA, João Paulo Gomes, acredita que a variante se deve tornar dominante no país em breve.

"Não é difícil prever que daqui a três semanas estaremos com valores entre os 70% e os 90% em todo o território nacional", explica.

A variante delta é mais transmissível e aumenta a probabilidade de internamento. Mas os especialistas lembram que as vacinas mantêm a eficácia contra formas graves da doença.

Portugal com mais 6 mortes e 1.746 casos de covid-19 em 24 horas