Coronavírus

EMA estuda possibilidade de uso do medicamento Kineret para tratar doentes com covid-19

Piroschka Van De Wouw

Kineret é um medicamento usado no tratamento de várias doenças inflamatórias, por exemplo no tratamento da artrite reumatoide.

Saiba mais...

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) está a avaliar o pedido de uso do medicamento Kineret para tratar adultos com sintomas graves de covid-19 e que correm o risco de desenvolver insuficiência respiratória grave.

O Kineret, atualmente autorizado para tratar várias doenças inflamatórias, é um medicamento imunossupressor, ou seja reduz a atividade do sistema imunitário, e a substância ativa que contém, a anakinra, bloqueia a atividade de um "mensageiro químico" no processo imunitário que leva à inflamação.

"Acredita-se que isto também possa ajudar a reduzir a inflamação e os efeitos associados à covid-19", disse a EMA em comunicado.

Existem dois estudos clínicos em andamento que analisam a segurança e eficácia do medicamento em pacientes hospitalizados com covid-19. É através destas investigações e dos dados apresentados no pedido que o regulador europeu irá avaliar o pedido, explica a EMA.

O resultado desta avaliação deverá ser conhecido em outubro.

Veja também:

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia