Coronavírus

Poucos bares de Lisboa abriram portas na primeira madrugada de alívio de restrições

Os bares e discotecas receberam luz verde para funcionar até às 2h00 desde que cumprissem as regras da restauração.

Saiba mais...

A partir das 00h00 horas deste domingo os bares e discotecas poderam abrir até às 2 da manhã. Em Lisboa foram poucos os bares que abriram portas, ainda assim os proprietários dizem que compensou.

O alívio das restrições deixava em aberto a possibilidade de mais pessoas na rua, mas não foi o caso em vários pontos da característicos da noite de Lisboa. Perto do Bairro Alto houve um que abriu e os clientes agradeceram.

Os bares e discotecas receberam luz verde do Governo para funcionar até às 2h00 desde que cumprissem as regras da restauração e as sanitárias. Só tinham permissão para trabalhar durante duas horas, dizem que foi possível alguma faturação.

Os clientes têm de estar sempre sentados e com um limite de 6 pessoas por mesa dentro do estabelecimento. Mas apesar das imposições, e depois de tantos meses de prejuízo, os proprietários dizem que se começa a ver a luz ao fundo do túnel.

Funcionaram desde a meia-noite até às duas da madrugada e na hora de fechar cumpriram-se as regras, sob o olhar a tento das autoridades. A reabertura normal está prevista para outubro.