Coronavírus

Covid-19: sem máscaras nas farmácias e transportes, "deixamos de conseguir gerir o risco"

Entrevista SIC Notícias

Loading...
Vasco Ricoca Peixoto, médico Investigador Escola Nacional de Saúde Pública, em entrevista na SIC Notícias.

Vasco Ricoca Peixoto, médico Investigador Escola Nacional de Saúde Pública, discorda o fim da obrigatoriedade das máscaras nos transportes públicos e farmácias.

Em entrevista na Edição da Tarde, salienta que causa um "grande impacto" e afeta a vida de muitas pessoas.

Sem máscaras, "deixamos de conseguir gerir o risco", exemplifica.

No entanto, o especialista acredita que "muita gente" vá continuar a usar máscara nos transportes públicos e nas farmácias.

Não temos capacidade de detetar aumentos rápidos da circulaçao dos vírus em faixas etárias mais novas porque muitas vezes têm sintomas ligeiros, muitas vezes não fazem testes.

Sobre a vacinação dos mais vulneráveis conta a covid-19, Vasco Ricoca Peixoto acredita ainda ser possível: "As vacinas são uma arma que temos de usar de certeza".

Vamos ter contacto com os vírus, mas é diferente - em termos éticos também - poder gerir o meu risco ou não ter possibilidade de gerir esse risco.

Últimas Notícias
Mais Vistos