Crise Migratória na Europa

Criança migrante pede a Ronaldo que ajude amigo com pernas amputadas

São duas das crianças retidas na fronteira entre a Polónia e a Bielorrússia.

Das crianças retidas na fronteira entre a Polónia e a Bielorrússia, há uma que faz um apelo direto a Cristiano Ronaldo, pedindo ao jogador do Manchester United que ajude o seu amigo de oito anos com as duas pernas amputadas.

O apelo do amigo que sabe inglês torna mais próxima a história de Taman, o menino curdo de oito anos, com as duas pernas amputadas, que está a viver com a família uma catástrofe humanitária em desenvolvimento.

Fazem parte do grupo de cerca de 4 mil migrantes, sobretudo iraquianos e afegãos, encurralados entre a fronteira bielorrussa e polaca, guardada por 20 mil efetivos policiais e militares.

Frio não impede que situação aqueça na fronteira

A tensão volta a subir na fronteira, com a polícia polaca a utilizar canhões de água e a acusar as autoridades bielorrussas de fornecer granadas aos migrantes, que atiraram pedras, garrafas e troncos de madeira.

Estão para já contabilizadas oito mortes, todas do lado dos migrantes, sendo que sete polícias polacos terão sido feridos.

A agência de notícias bielorrussa diz que a guarda fronteiriça do pais vai começar a transportar os migrantes para centros de receção afastados da fronteira.

Saiba mais