Crise Migratória na Europa

Tensão na fronteira entre Polónia e Bielorrússia: 200 migrantes tentaram entrar na UE

Regime de Minsk indica que este ano prendeu mais de 11.000 migrantes.

Na fronteira entre a Polónia e a Bielorrússia, os mais de 2.000 migrantes continuam alojados temporariamente à espera de uma oportunidade para atravessar a fronteira para a União Europeia. Esta quinta-feira, um grupo de 200 migrantes tentou entrar ilegalmente na Polónia.

Acusado de provocar a crise migratória como retaliação pelas sanções internacionais, o regime de Minsk defende-se.

Este ano, a Bielorrússia prendeu mais de 11.000 migrantes ilegais.

Devido à vaga migratória, a tensão na fronteira agrava-se. Além da Polónia, os Estados bálticos reforçaram as patrulhas fronteiriças e as críticas a Lukashenko.

SAIBA MAIS

► ESPECIAL REFUGIADOS NA EUROPA