Eleições no Brasil

Se Brasil for à segunda volta, "televisão e debates vão ser muito importantes"

Loading...

Algo é já certo, o próximo presidente do país terá um "cenário muito desafiador", pela frente. A opinião é de João Gabriel de Lima, jornalista do Estado de S. Paulo e da revista Piauí.

A dúvida deste domingo, dia de eleições no Brasil, é saber se tudo fica decidido na primeira volta, ao primeiro turno, ou se Lula da Silva e Jair Bolsonaro vão a uma segunda volta, a um segundo turno.

E se isso acontecer, na opinião de João Gabriel de Lima, jornalista do Estado de S. Paulo e da revista Piauí, vamos nas próximas semanas assistir a “uma campanha muito forte e a televisão e os debates importantes vão ser muito importantes”. O candidato que tiver melhor performance será aquele que terá mais possibilidades de vencer.

João Gabriel Lima recorda, por exemplo, as eleições de 2006 e o debate entre Lula da Silva e Geraldo Alckmin, destacando que "Lula teve uma participação muito melhor no primeiro debate" e aí deu o primeiro passo rumo à vitória.

Ainda assim, e num momento em que não há certezas sobre o que acontecerá este domingo, uma coisa é certa: o próximo presidente do Brasil terá “um cenário mais desafiador” pela frente devido à “crise internacional e interna", que o mundo e o Brasil atravessam.

Últimas Notícias
Mais Vistos