Eleições no Brasil

“No século passado o Brasil tinha a maior organização nazista fora da Alemanha”

Loading...
Jornalista da Folha de São Paulo analisa as manifestações de apoio a Jair Bolsonaro e a saudação nazi de milhares de brasileiros.

Milhares de apoiantes de Jair Bolsonaro fizeram a saudação nazi no Estado brasileiro de Santa Catarina enquanto era entoado o hino nacional do Brasil. A concentração aconteceu em frente a um regimento militar na cidade de São Miguel do Oeste.

O Ministério Público de Santa Catarina informou que está a analisar o vídeo para identificar as pessoas que fizeram o gesto, que sendo um gesto de apologia ao nazismo é considerado crime no Brasil.

Na SIC Notícias, Mônica Bergamo disse que “o Brasil não é só isto, mas também é isto” e que “a história do Brasil explica que no século passado o país tinha a maior organização nazista fora da Alemanha”.

A jornalista e cronista da Folha de São Paulo explica ainda que “sete por cento dos brasileiros apoiam uma ditadura militar, apesar do desastre que foi a ditadura brasileira” e acrescenta que essas pessoas encontram em Jair Bolsonaro a sua representação.

Já a possibilidade de um golpe de Estado, não lhe parece possível.


Bolsonaro vai sair pela porta dos fundos?

Sobre o ato simbólico da passagem da faixa presidencial no dia 1 de janeiro, Mônica Bergamo acredita que Bolsonaro não vai legitimar o Presidente Lula e vai estimular o sentimento de que as eleições não foram corretas e que sofreu uma grande injustiça.

A situação não seria inédita, uma vez que o ditador João Batista Figueiredo saiu pela porta dos fundos do palácio e não passou a faixa ao sucessor.

Faltam dois meses, pode ser que consigam convencer Jair Bolsonaro, diz a jornalista brasileira.


Últimas Notícias