Eleições no Brasil

Tribunal Eleitoral do Brasil satisfeito por Forças Armadas não terem apontado fraude

Tribunal Eleitoral do Brasil satisfeito por Forças Armadas não terem apontado fraude
EVARISTO SA

Quanto às sugestões feitas pelas Forças Armadas, o TSE indicou que "serão oportunamente analisadas".

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indicou ter recebido "com satisfação" o relatório das eleições feito pelas Forças Armadas que "não apontou a existência de nenhuma fraude".

"O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu com satisfação o relatório final do Ministério da Defesa, que, assim como todas as demais entidades fiscalizadoras, não apontou a existência de nenhuma fraude ou inconsistência nas urnas eletrónicas e no processo eleitoral de 2022", lê-se numa nota divulgada pelo presidente do TSE, Alexandre de Moraes.

"O TSE reafirma que as urnas eletrónicas são motivo de orgulho nacional, e as Eleições de 2022 comprovam a eficácia, a lisura e a total transparência da apuração e da totalização dos votos", sublinhou.

Quanto às sugestões feitas pelas Forças Armadas, o TSE indicou que "serão oportunamente analisadas".

Apesar de não ter levantado indícios de fraude, o relatório das Forças Armadas levantou dúvidas em relação à fiabilidade do sistema votação das presidenciais de 30 de outubro, numas eleições cujos observadores internacionais e o Tribunal Eleitoral consideram que cumpriram com os padrões internacionais.

Últimas Notícias
Mais Vistos