Eleições nos EUA

Últimos comícios antes do dia das eleições nos EUA

Pandemia e e a questão do voto por correspondência dominam.

Nas horas finais da campanha presidencial norte-americana assombrada pela pandemia, o Presidente dos EUA alegou que a eleição está viciada, enquanto o adversário democrata procurou reivindicar estados antes vistos como seguros para os republicanos.

Ambos apostaram no final da campanha naquele que se tornou no campo de batalha mais disputado, a Pensilvânia. O Presidente dos Estados Unidos e recandidato pelo Partido Republicano ameaçou com uma ação legal para interromper a contagem depois do dia da eleição.

Indo mais longe, Trump até escreveu na rede social Twitter sobre "violência nas ruas" relacionada com as eleições, embora nada tenha ocorrido.

VEJA MAIS NO ESPECIAL ELEIÇÕES NOS EUA

  • 1:41