Eleições nos EUA

Trump pede suspensão da contagem dos votos na Pensilvânia

ROMAN PILIPEY

"Os olhos da nação estão na Pensilvânia, mas a Pensilvânia está a contar os votos por correio e isso deve parar"

A campanha de Donald Trump avançou esta com uma queixa judicial para a suspensão da contagem de votos na Pensilvânia, onde Joe Biden lidera por uma margem curta de acordo com os resultados parciais.

O diretor de campanha do candidato republicano anunciou esta quarta-feira a decisão de avançar com a ação judicial para suspender a contagem de votos, num Estado importante para o desfecho das eleições norte-americanas, noticia a agência AFP.

"Os olhos da nação estão na Pensilvânia, mas a Pensilvânia está a contar os votos por correio e isso deve parar", realçou Bill Stepien, em comunicado. "Estamos a avançar com ações judiciais para suspender a contagem enquanto se aguarda por mais transparência", acrescentou.

ACOMPANHE AO MINUTO OS RESULTADOS DAS ELEIÇÕES NORTE-AMERICANAS

Segundo noticia a agência EFE, a campanha de Donald Trump questiona se os votos por correio recebidos nos três últimos dias antes das eleições são considerados válidos.

Segundo os resultados parciais, o candidato democrata Joe Biden lidera com uma vantagem curta na Pensilvânia.

A corrida pelos 270 votos do Colégio Eleitoral