Presidenciais

Jerónimo de Sousa estranha disponibilidade do PSD para adiar presidenciais 

"Adiar colida com princípio do estado de emergência" 

O secretário-geral do PCP diz estranhar a disponibilidade de Rui Rio para adiar as eleições presidenciais.

Jerónimo de Sousa lembra que no estado de emergência, imposto devido à pandemia de covid-19, não pode haver alterações à Constituição.

As declarações do líder do PCP surgem depois da reunião com António Costa para debater as medidas de combate à covid-19.

Também Rui Rio esteve reunido com o primeiro-ministro e foi na conferência de imprensa, após a reunião, que mostrou disponibilidade para adiar as eleições.

As eleições presidenciais estão agendadas para 24 de janeiro. São candidatos à Presidência da República João Ferreira, o atual chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, Ana Gomes, Marisa Matias, André Ventura, Vitorino Silva e Tiago Mayan Gonçalves.