Presidenciais

Presidente do PS diz que Ventura é "por enquanto uma ameaça maior ao PSD do que ao país"

A reação de Carlos César às projeções. 

O presidente do PS, Carlos César, afirmou que a democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado.

"Graças aos eleitores socialistas, a democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado como alternativa política no nosso país."

Na primeira reação do partido às eleições, o presidente do PS considerou que a participação dos portugueses foi "muito honrosa", apesar de diversos fatores como a atual situação pandémica ou a convicção da vitória associada a Marcelo Rebelo de Sousa, e que conferiu uma "elevada legitimidade democrática a todos aqueles que se submeteram ao sufrágio".

Carlos César saudou todos os candidatos, destacando Ana Gomes e Marcelo Rebelo de Sousa, e congratulou o partido por ter deixado ao critério dos seus eleitores e dirigentes a opção de voto.

Disse ainda que os resultados demonstram que André Ventura é "por enquanto, uma ameaça maior ao PSD do que ao país".

O presidente do PS felicitou Marcelo Rebelo de Sousa pela sua reeleição e considerou que esta é uma boa notícia não só para o PS, como para a democracia e a valorização da estabilidade política.

"Portugal saiu vencedor destas eleições, assim como a democracia e a ordem constitucional."

AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS AO MINUTO

  • 16:26