George Floyd

Centenas de pessoas em cerimónia de homenagem a George Flyod

Centenas de pessoas em cerimónia de homenagem a George Flyod

Memorial juntou centenas de pessoas na North Central University, em Minneapolis, para homegear o afro-americano vítima da violência policial.

Dentro e fora da universidade, foram muitos os que quiseram prestar homenagem a George Floy. Lá dentro, um painel gigante ilustrava o rosto de Floyd com a frase "Não consigo respirar".

A memória do afro-americano, símbolo do racismo e vitima da violência policial, foi lembrada entre hinos e discursos emocionados.

Cerimónia organizada pela família próxima, reuniu familiares, amigos, líderes políticos e religiosos e até ativistas dos direitos humanos.

Houve ainda um momento de silêncio. Foram 8 minutos e 46 segundos, o tempo que o joelho do polícia permaneceu sobre o pescoço de Floyd.

Um momento acompanhado um pouco por todo o país. A homenagem foi transmitida em direto por algumas televisões norte-americanas e projetadas em ecrãs gigantes.

Para além desta cerimónia, estão planeadas outras duas. Uma na Carolina do Norte, onde moram familiares, e outra no Texas, onde Floyd nasceu.