Guerra Rússia-Ucrânia

Rússia avança com uma das mais importantes remodelações militares desde o início da guerra 

Photo taken in Moscow, Russia
Photo taken in Moscow, Russia
Informação foi avançada pela agência de notícias estatal da Rússia.

A Rússia escolheu um novo comandante para a Frota russa no Mar Negro, avançou a agência noticiosa estatal russa RIA Novosti, citando fontes militares, embora um porta-voz militar tenha negado a nomeação.

O grupo de comunicação social RBC citou mais tarde um porta-voz da Frota do Mar Negro que negou a nomeação, dizendo que a informação da mudança de comandante não passava de um boato.

Se a nomeação for confirmada, a elevação de Viktor Sokolov para a posição de comandante, até agora ocupada por Igor Osipov, corresponderá a uma das mais importantes remodelações na força militar russa desde o início da invasão da Ucrânia.

Durante a guerra, a Frota do Mar Negro sofreu uma série de retrocessos no campo de batalha, como o naufrágio do seu navio-almirante -- o Moskva --, e várias perdas durante a retirada russa da Ilha da Serpente, no delta do Danúbio, dois meses depois.

A região da Crimeia ocupada pela Rússia, onde está baseada a frota russa, foi também atingida nas últimas semanas por uma série de ataques que a Rússia descreveu como acidentais e atos de sabotagem, apesar de terem sido atribuídos pelos especialistas ao exército ucraniano.

Entre os incidentes estão as explosões que atingiram a base aérea de Saki e o quartel-general da Frota do Mar Negro na cidade portuária de Sevastopol, onde Sokolov foi agora apresentado, segundo a RIA Novosti, aos membros do conselho militar.

"Não houve nenhum evento público, e provavelmente não haverá, devido ao nível de alerta terrorista amarelo acionado na cidade", comentaram as mesmas fontes à agência noticiosa.

Sokolov, de 59 anos, ocupou até à data vários altos cargos na marinha russa e tem estado, desde 2020, à frente de uma academia naval em São Petersburgo.

Últimas Notícias
Mais Vistos