Guerra Rússia-Ucrânia

Guerra já matou pelo menos nove mil soldados ucranianos

Guerra já matou pelo menos nove mil soldados ucranianos
ANATOLII STEPANOV/Getty Imagens
Em seis meses de guerra, esta é a primeira contagem fornecida pelos militares do regime ucraniano.

Pelo menos nove mil soldados ucranianos morreram nestes seis meses de guerra. O número foi avançado, esta segunda-feira, pelo comandante chefe da Armada ucraniana, Valery Zaloujny.

A contagem, a primeira em meio ano de guerra, foi revelada durante uma homenagem aos militares veteranos e às famílias dos ucranianos mortos durante o conflito.

O comandante revelou também a estimativa da morte de mais de 45 mil soldados russos. O Kremlin ainda não se pronunciou em relação a este número.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia causou já a fuga de mais de 12 milhões de pessoas de suas casas - mais de seis milhões de deslocados internos e mais de seis milhões para os países vizinhos -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

A ONU confirmou que mais de 5.500 civis morreram na guerra, sublinhando que os números reais serão muito superiores e só poderão ser conhecidos quando houver acesso a zonas cercadas ou sob intensos combates.

Últimas Notícias