Guerra Rússia-Ucrânia

Guerra contra quem não entrega pátria é "ameaça para humanidade" afirma Zelensky

Guerra contra quem não entrega pátria é "ameaça para humanidade" afirma Zelensky
SERGEI SUPINSKY

O Presidente da Ucrânia destaca as consequências da guerra no país.

O Presidente da Ucrânia, Volodymir Zelensky, avisou este sábado que uma guerra contra um povo que não renuncia à sua pátria é uma ameaça para a humanidade.

"Quando as pessoas são mortas simplesmente por serem quem são, por não desistirem da sua pátria, é uma ameaça para a humanidade enquanto tal", escreveu Volodymir Zelensky na sua conta do Telegrama, relatada pela agência noticiosa Unian.

O Presidente ucraniano acrescentou que, "quando um Estado transforma a pobreza energética ou a fome numa arma, prejudica a todos no mundo" e que "quando um Estado tenta conquistar outro porque quer ser colonizador, é uma ameaça para todos aqueles que valorizam a sua independência".

Zelenski acompanhou a mensagem com imagens sobre as consequências da guerra na Ucrânia.

Por outro lado e na sua mensagem diária noturna, o Presidente da ucraniano indicou que na reunião de sexta-feira do Estado-Maior, a segunda esta semana, foram tomadas "certas decisões" que todos "vão ver".

Segundo Zelenski, foram discutidas principalmente questões relacionadas com fornecimentos militares e apoio às tropas ucranianas.