Guerra Rússia-Ucrânia

"Em Moscovo anda tudo completamente louco"

Loading...
José Milhazes comenta o novo adiamento do discurso de Vladimir Putin, que acabou por não acontecer às 06:00 (hora de Lisboa), como estava previsto.

O discurso de Vladimir Putin à nação é aguardado desde ontem. A última indicação é que seria proferido esta manhã, às 8:00 locais (6:00 em Lisboa), mas foi novamente adiado. José Milhazes diz que a última indicação é de que possa acontecer uma ou duas horas mais tarde. O comentador da SIC afirma: "Em Moscovo anda tudo completamente louco".

Na origem dos sucessivos adiamentos do discurso do Presidente da Rússia deverão estar relacionados com o facto de Putin estar a ponderar porque "há passos que podem ser muito perigosos", considera Milhazes, como é o caso da questão da mobilização geral ou parcial e da lei marcial".

Outro tema polémico são os referendos nos territórios separatistas pró-russos da região de Donbass, na Ucrânia, marcados para 23 a 27 de setembro. Os escrutínios terão lugar em Donetsk e Lugansk, cuja independência o Presidente russo, Vladimir Putin, reconheceu pouco antes de lançar a sua ofensiva militar contra a Ucrânia, a 24 de fevereiro.

No discurso de Putin à nação, que a SIC Notícias vai acompanhar em direto, espera-se também que o Presidente russo declare oficialmente guerra contra a Ucrânia.

Últimas Notícias
Mais Vistos