Guerra Rússia-Ucrânia

O aviso da Ucrânia: "Abateremos todos aqueles que vierem ao nosso território com armas"

O aviso da Ucrânia: "Abateremos todos aqueles que vierem ao nosso território com armas"
Alexey Furman
Kiev diz que o anúncio de Putin não os assustou.

O comandante-chefe do exército ucraniano, Valery Zaluzhny, prometeu "abater" os russos que combatem na Ucrânia, incluindo os que forem mobilizados na sequência do decreto de Vladimir Putin.

“Abateremos todos aqueles que vierem ao nosso território com armas nas mãos - seja voluntariamente ou por mobilização. Nenhuma declaração da liderança político-militar do país agressor irá afetar a nossa disposição de lutar pela nossa liberdade”.

Zaluzhny afirmou que o anúncio de "mobilização parcial" feito por Putin "não assustou" a Ucrânia.

"A ofensiva em larga escala do inimigo não nos assustou. Além disso, estamos unidos e estamos preparados para enfrentar adequadamente o inimigo.

Putin anunciou esta quarta-feira a mobilização parcial de 300.000 reservistas, tendo recordado a importância do arsenal nuclear da Rússia como argumento face à contraofensiva ucraniana.

Últimas Notícias
Mais Vistos