Guerra Rússia-Ucrânia

Kremlin acusa Joe Biden de fazer um discurso "indecente" na ONU

MOSCOW, RUSSIA – JANUARY 14 : (—-EDITORIAL USE ONLY â MANDATORY CREDIT – “RUSSIAN FOREIGN MINISTRY PRESS SERVICE / HANDOUT” – NO MARKETING NO ADVERTISING CAMPAIGNS – DISTRIBUTED AS A SERVICE TO CLIENTS—-) Russian Foreign Minstry Spokesperson Maria Zakharova attends an annual news conference given by Russia’s Foreign Minister Lavrov to sum up the results of the Russian foreign policy for 2021. (Photo by Russian Foreign Ministry Press Service / Handout/Anadolu Agency via Getty Images)
MOSCOW, RUSSIA – JANUARY 14 : (—-EDITORIAL USE ONLY â MANDATORY CREDIT – “RUSSIAN FOREIGN MINISTRY PRESS SERVICE / HANDOUT” – NO MARKETING NO ADVERTISING CAMPAIGNS – DISTRIBUTED AS A SERVICE TO CLIENTS—-) Russian Foreign Minstry Spokesperson Maria Zakharova attends an annual news conference given by Russia’s Foreign Minister Lavrov to sum up the results of the Russian foreign policy for 2021. (Photo by Russian Foreign Ministry Press Service / Handout/Anadolu Agency via Getty Images)
Porta-voz dos Negócios Estrangeiros afirma que Putin não falou em ameaça nuclear.

A porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Maria Zakharova, acusou Joe Biden de fazer um discurso "indecente" na Assembleia Geral das Nações Unidas.

Em declarações ao canal de televisão Soloviev Live TV, divulgadas pela agência TASS, Maria Zakharova diz que o Presidente dos Estados Unidos citou mal o Presidente russo, que não falou em ameaça nuclear no discurso de ontem - uma ameaça que Biden diz ter sido clara.

“Quanto ao discurso do Presidente dos EUA, acho que foi absolutamente impróprio como começou e como continuou, já que se centrou no nosso país. Começou citando supostamente o Presidente da Rússia. [Biden] atribuiu comentários ao Presidente russo de que o nosso país estava a ameaçar o mundo com armas nucleares”.

Joe Biden discursou na Assembleia Geral das Nações Unidas e centrou as suas palavras nas várias tensões vividas na Ucrânia. O Presidente norte-americano condenou, como já tinha feito em ocasiões anteriores, as ações da nação liderada por Vladimir Putin.


Loading...
Últimas Notícias
Mais Vistos