Guerra Rússia-Ucrânia

O que é a “bomba suja” que a Rússia acusa a Ucrânia de ter?

Loading...

A pedido de Kiev, a Agência Internacional de Energia Atómica aceitou enviar uma equipa de peritos à Ucrânia.

Na guerra da propaganda, os Estados Unidos acusam a Rússia de criar pretextos para a escalada do conflito. Em causa estão as alegações, hoje repetidas por Moscovo, de que a Ucrânia se prepara para usar uma “bomba suja”.

Mas, afinal, o que é esta “bomba suja”?

A chamada “bomba suja” mistura material radioactivo e explosivos normais. É barata, de fabrico fácil e pode ser construída com material médico comprado em quase todo o mundo.

Kremlin insiste em ameaça, Ocidente fala em pretexto

O Kremlin afirma que existe uma ameaça real em solo ucraniano e quer mesmo o assunto discutido no Conselho de Segurança da ONU. As acusações valeram já um raro desmentido conjunto dos aliados ocidentais da Ucrânia.

Washington considera que a Rússia está a gerar um pretexto para a escalada do conflito e para poder justificar o uso de armas nucleares táticas contra alvos ucranianos.

A pedido de Kiev, a Agência Internacional de Energia Atómica aceitou enviar uma equipa de peritos à Ucrânia já nos próximos dias. A missão vai investigar as acusações russas. Inspeccionar, de novo, as centrais nucleares assim como os locais onde Moscovo alega serem fabricadas as bombas sujas.

Últimas Notícias
Mais Vistos