Guerra Rússia-Ucrânia

ONU vai reunir-se com a Rússia para tentar prolongar e alargar acordos do Mar Negro

ONU vai reunir-se com a Rússia para tentar prolongar e alargar acordos do Mar Negro
Khalil Hamra
O encontro decorre me Genebra na próxima sexta-feira.

Dois altos funcionários da ONU vão reunir-se com uma delegação russa em Genebra, na Suíça, esta sexta-feira para tentar prolongar e alargar os acordos de exportação de cereais ucranianos e alimentos russos através do Mar Negro, anunciou esta quarta-feira a organização.

O sub-secretário-geral da ONU para os Assuntos Humanitários, Martin Griffiths, e a secretária-geral da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Rebeca Grynspan, vão estar na cidade suíça para participar nas conversações, informou a ONU.

O acordo do Mar Negro, assinado em 22 de julho último, que permitiu a saída de milhões de toneladas de cereais dos portos ucranianos, poderá terminar a 19 de novembro se qualquer das partes se opuser à sua continuação.

Nos últimos meses, Moscovo manifestou repetidamente a sua insatisfação com a implementação deste acordo e de outro paralelo para facilitar as exportações russas de alimentos e fertilizantes, e ameaçou pôr-lhes termo.

Em finais de outubro, a Rússia suspendeu temporariamente a sua participação no acordo, na sequência de um ataque com drones à sua frota, mas retomou-a pouco tempo depois de receber garantias de que o corredor não será utilizado para fins militares.

A ONU, pelo seu lado, insiste que manter o acordo em vigor é vital para a segurança alimentar global e tem vindo a trabalhar com a Turquia há algum tempo para tentar assegurar um prolongamento e, se possível, uma expansão do mesmo.

Últimas Notícias