Guerra Rússia-Ucrânia

Zelensky apela ao G20 para pressionar a Rússia a acabar com a guerra na Ucrânia

Loading...

Presidente ucraniano estabeleceu 10 condições para a paz, a começar pela retirada total das tropas da Rússia.

Volodymyr Zelensky voltou a pedir o apoio internacional para a causa ucraniana e apelou ao G20 para ir mais longe na pressão à Rússia para acabar com a guerra na Ucrânia.

Na abertura do reunião do G20, em que o Presidente ucraniano participou à distância a convite da Indonésia, Zelensky estabeleceu 10 condições para a paz, a começar pela retirada total das tropas da Rússia e a restauração total do controlo ucraniano do seu território.

Pediu uma conferência internacional para "cimentar os elementos-chave da arquitetura de segurança do pós-guerra no espaço euro-atlântico, incluindo garantias para a Ucrânia".

Esta é a primeira cimeira do G20 desde que começou a guerra na Ucrânia, em 24 de fevereiro deste ano, e a falta de consenso entre os participantes poderá refletir-se na declaração final conjunta, como aconteceu na cimeira da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), realizada no domingo, em Phnom Penh, capital do Camboja.

Apesar de a Ucrânia não integrar o G20, o Presidente Volodymyr Zelensky foi convidado pelo homólogo indonésio, Joko Widodo, presidente em exercício do grupo, a discursar por videoconferência.

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, é a grande ausência do maior encontro de líderes mundiais desde o início da pandemia de covid-19.

Em conjunto, o G20 representa 60% da população mundial, 80% do Produto Interno Bruto (PIB) global e 75% das exportações em todo o mundo, segundo dados da presidência indonésia do grupo.

Últimas Notícias
Mais Vistos