Guerra Rússia-Ucrânia

Ameaça de ataques aéreos: sirenes soam em todas as regiões da Ucrânia

Ameaça de ataques aéreos: sirenes soam em todas as regiões da Ucrânia
Efrem Lukatsky/ AP (Arquivo)

Segundo a agência Reuters, fontes oficiais ucranianas informaram que a Rússia está a preparara nova ofensiva com mísseis e drones.

As sirenes de alerta de ataque aéreo soam por toda a Ucrânia esta manhã, depois de fontes oficiais ucranianas informarem que a Rússia está a preparara nova ofensiva com mísseis e drones. As cerca de 20 regiões da Ucrânia estão, assim, em alerta, de acordo com informações divulgada pela agência Reuters.

Em meados de novembro, em apenas um só dia, a Rússia lançou contra a Ucrânia cerca de 100 mísseis, naquele que foi considerado o maior ataque desde o início de outubro.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia causou já a fuga de mais de 13 milhões de pessoas – mais de seis milhões de deslocados internos e mais de 7,8 milhões para países europeus –, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

A invasão russa na Ucrânia – justificada pelo Presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de “desnazificar” e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia – foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que tem respondido com envio de armamento para a Ucrânia e imposição à Rússia de sanções políticas e económicas.

A ONU apresentou como confirmados desde o início da guerra 6.655 civis mortos e 10.368 feridos, sublinhando que estes números estão muito aquém dos reais.

Últimas Notícias
Mais Vistos