Guerra Rússia-Ucrânia

Bakhmut: o campo de batalha mais intenso na Ucrânia

Loading...

Os soldados mostram as condições difíceis que se vivem nas trincheiras no leste ucraniano.

A cidade de Bakhmut tem sido o campo de batalha mais intenso destas últimas semanas de guerra na Ucrânia. Não se registam avanços significativos nem de um lado, nem do outro, mas as condições de vida dos soldados são cada vez mais difíceis.

Estas imagens percorreram as redes sociais dos ucranianos: os soldados mostraram as condições em que estavam, numa das trincheiras no leste do país. Dias depois, já sem a água lamacenta, vieram garantir que, mesmo com as dificuldades, a moral continua em cima.

Em toda a linha da frente, que se estende por mais de mil quilómetros, a zona de Bakhmut é a mais agressiva. Nesta zona estarão a combater os mercenários Wagner, um grupo composto por forças de elite com ligações ao Kremlin. A cidade está praticamente destruída.

Na Bielorrússia, os soldados de Moscovo estão em treinos militares. As imagens foram divulgadas pelo Ministério de Defesa da Rússia, que garante que não vai voltar a invadir a Ucrânia através da fronteira norte. Mas as autoridades de Kiev decidiram reforçar a presença militar ao longo da linha que separa os dois países.

A primeira dama da Ucrânia viajou até Londres para chamar a atenção do mundo ocidental para a violência contra mulheres e crianças que se tem verificado nesta guerra. A Procuradoria-geral da Ucrânia registou cerca de 100 casos de agressão sexual, mas Zelenska diz que deverão ser muitos mais.

No plano da energia, o país continua com um défice de 30%, seis dias depois do último ataque em larga escala. As autoridades temem que os ataques voltem a acontecer em breve.

Últimas Notícias
Mais Vistos