Guerra Rússia-Ucrânia

Envio de tanques dos EUA para a Ucrânia "é uma provocação descarada", diz Rússia

Loading...

O anúncio oficial dos EUA sobre envio de 30 tanques Abrams M1 ainda não foi feito.

A Rússia fala numa "provocação descarada" o anúncio de que os Estados Unidos da América vão enviar para a Ucrânia pelo menos 30 tanques Abrams M1 e ameaça destruí-los no terreno. O anúncio oficial dos EUA deverá ser feito hoje.

As autoridades ucranianas têm repetidamente pedido mais armas pesadas e Washington cedeu à pressão do presidente Zelensky. A Rússia considera esta mais uma "provocação flagrante" e diz que quem vai sofrer é a Ucrânia, avisou o embaixador da Rússia nos Estados Unidos, Anatoly Antonov

"É óbvio que Washington está a tentar intencionalmente infligir-nos uma derrota estratégica", disse Antonov através da conta da embaixada no Telegram.

"Se os Estados Unidos decidirem fornecer tanques, justificar tal passo com argumentos como 'armas defensivas' definitivamente não vai funcionar. Será outra provocação descarada contra a Federação Russa".

Alemanha confirma envio de tanques Leopard 2 à Ucrânia

A Alemanha confirma que vai enviar 14 tanques Leopard 2 para a Ucrânia. Além disso, o Governo alemão irá também aprovar o envio destes blindados por outros países.

O Chanceler Olaf Scholz explica que a decisão da Alemanha se prende com um “ato coordenado” com os países aliados. “Esta decisão segue o conhecido apoio à Ucrânia na melhor das nossas possibilidades”, acrescenta.

O objetivo será providenciar às forças ucranianas dois batalhões, o que representa um total de 88 tanques Leopard 2. Será também ser realizado brevemente sessões de treino para os militares ucranianos, de forma a que possam operar estes carros de combate.

Últimas Notícias
Mais Vistos