Incêndios em Portugal

Mais de mil operacionais combatem as chamas na Serra da Estrela

Mais de mil operacionais combatem as chamas na Serra da Estrela
NUNO ANDRÉ FERREIRA
Várias aldeias tiveram de ser evacuadas.

O incêndio na Serra da Estrela continua ativo e está a ser combatido por mais de mil operacionais, nos concelhos da Guarda, Manteigas e Covilhã.

Às 07:10, os 1.061 operacionais estavam a ser apoiados por 332 meios terrestres, segundo o site da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

O comandante da Proteção Civil da Região Centro confirma que o incêndio da Guarda tem a esta altura três frentes.

Os bombeiros estão a aproveitar a descida das temperaturas para acelerar o combate, apesar dos difíceis acessos.

Loading...

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro, o combate às chamas está a decorrer de forma favorável.

Durante o domingo à noite, foi utilizada a técnica de contrafogo. O CDOS diz que partiu de uma decisão superior e que foi efetuada por operacionais especializados.

Na segunda-feira, várias aldeias tiveram de ser evacuadas.

Loading...

O presidente da câmara fala em calamidade, com várias reativações. O plano municipal de emergência já foi ativado.

Loading...

O primeiro alerta foi dado na madrugada do dia 6, mas o incêndio reativou esta segunda-feira, atingindo os municípios de Manteigas, Covilhã e Guarda.

Na segunda-feira à noite, as chamas estavam a lavrar com uma “intensidade elevada”, registando um “comportamento violento”.

Loading...

A reativação de segunda-feira teve origem em "três ignições em simultâneo no Vale da Amoreira", em Manteigas, distrito da Guarda, "com expansão para os concelhos da Covilhã [distrito de Castelo Branco] e da Guarda", adiantou André Fernandes, comandante nacional da proteção civil.

Este incêndio, além de atingir o concelho da Covilhã, chegou a Manteigas, Gouveia, Guarda e Celorico da Beira, queimando um total superior a 14 mil hectares, segundo dados provisórios.

Últimas Notícias