Incêndios em Portugal

Há suspeitas de que fogo na Serra da Estrela tenha sido negligenciado

Loading...
Bombeiros pediram mais meios, mas nunca chegaram.

Há suspeitas de que o incêndio na Serra da Estrela tenha sido negligenciado. Os bombeiros pediram mais meios, que nunca chegaram.
Já tinha caído a noite e Vale de Amoreira continuava em pânico. Os meios aéreos estavam fora do combate e os terrestres foram chegavam a conta gotas.

Na hora em que o fogo arrancou onde tinha ficado da primeira vez, a população e a junta de freguesia fizeram o ataque inicial. As temperaturas subiam, o vento soprava forte, fazia remoinho e deu origem a três projeções imediatas: Valhelhas, Famalicão e Sarzedo.

A Proteção Civil admitiu ignições simultâneas e provocadas. GNR e PJ já sabem que o reacendimento foi natural.

O incêndio que até ali já tinha queimado 17 mil hectares na Serra da Estrela foi controlado no sábado.

Ainda havia pontos quentes em todo o perímetro queimado a pedir vigilância permanente, mas o posto de comando de Valhelhas
desmobilizou ao fim da manhã de domingo.

O fogo cercou quintas e aldeias. Centenas de pessoas foram retiradas de casa, houve prejuízo materiais a perder de vista.

Resultado de um incêndio que começou a 6 de agosto na Covilhã, na vila do Carvalho. A PJ ainda investiga. Negligência ou fogo posto que de madrugada os incêndios não pegam de estaca.

Na sexta-feira passada houve outra ignição na vila do Carvalho. Foi identificado um suspeito. Um deficiente mental que não se afasta do local onde vive.

Os investigadores concluíram que não podia ser o mesmo pirómano da ignição que galgou Manteigas.

Era o dia da subida à Torre na Volta a Portugal em bicicleta. Ardia já o Vale Glaciar do Zêzere e uma das cristas do fogo caminhava até as Penhas da Saúde. Anfíbios e canadair só apareceram ao fim do dia.

A SIC dirigiu questões à Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, mas ainda não obteve resposta.

A liga de bombeiros pede relatório. População e autarcas também estão à escuta.

Últimas Notícias
Mais Vistos