Incêndios em Portugal

Mais de 100 concelhos em perigo máximo de incêndio

Mais de 100 concelhos em perigo máximo de incêndio
PAULO CUNHA
Em algumas regiões, o perigo de incêndio rural vai manter-se elevado até, pelo menos, sexta-feira.

Mais de 100 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Leiria, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Portalegre e Faro apresentam esta segunda-feira perigo máximo de incêndio, indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

Segundo o Instituto, o perigo de incêndio rural vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até sexta-feira.

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para esta segunda-feira no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se muito nublado no litoral oeste até ao meio da manhã, e possibilidade de ocorrência de chuvisco no litoral Norte e Centro até ao meio da manhã.

A previsão aponta também para vento por vezes forte na faixa costeira ocidental e nas terras altas e pequena subida da temperatura máxima no Norte e Centro, em especial no litoral.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 16 graus Celsius (em Viana do Castelo, Braga e Porto) e os 22º (em Portalegre) e as máximas entre os 26º (em Aveiro) e os 39º (em Évora).

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um agravamento do risco de incêndio rural, o Governo determinou no sábado a declaração da situação de alerta no continente, em vigor até às 23:59 de terça-feira.

A situação de alerta vai ser esta segunda-feira reavaliada pelo Governo.

Últimas Notícias