Isabel II

Isabel II, a Rainha que "dominou tempestades" deixa "um papel difícil de preencher"

Loading...
Marta Brito dos Reis, da SIC, e Nuno Rogeiro, comentador SIC, analisam o reinado de Isabel II no Jornal da Noite.

Nuno Rogeiro destaca que os britânicos reconhecem que Isabel II enfrentou "grandes divergências". Já Marta Brito dos Reis não acredita que Carlos abdicará do trono e defende que o agora rei irá honrar o reinado da mãe.

Os cidadãos britânicos tinham a ideia de que a Rainha não iria morrer, mas a verdade é que tudo passa. (...) ela conseguiu dominar tempestades e manter o Reino Unido além de muitas crises.

Declaração de Nuno Rogeiro, no Jornal da Noite da SIC.

O comentador realça ainda que a Rainha soube "flutuar acima de grandes divergências sem humilhar ninguém:

Acho que os britânicos sabem reconhecer isso.

A jornalista da SIC Marta Brito dos Reis considera que Carlos irá "honrar o exemplo da mãe, o que viu durante toda a vida".

Não creio que ele abdicará. Tem um papel difícil de preencher, não é fácil suceder a mãe.

A jornalista acrescenta ainda que Isabel II preparou o funeral, com "vontades expressas".

Morte da Rainha Isabel II

A rainha de Inglaterra, Isabel II, morreu esta quinta-feira, com 96 anos. O anúncio da morte foi feito pela família real.

Com o anúncio da morte da rainha, o príncipe Carlos, com 73 anos, torna-se rei de imediato. Ainda não falou em público, mas, num comunicado divulgado nas páginas oficiais da família real britânica, lamentou a morte da mãe.

A partir de agora, o Reino Unido entra num período de 10 dias de luto nacional, no último dos quais se realizará o funeral de Estado de Isabel II.

O corpo será transportado para o Palácio de Buckingham, residência oficial, onde ficará até ao funeral.

Últimas Notícias
Mais Vistos