Jogos Olímpicos

Tóquio 2020. Nélson Évora quer conquistar um "adeus" de ouro

Enviados SIC

Mário Cabrita

Mário Cabrita

Repórter de Imagem

O atleta anunciou que estes serão os últimos Jogos Olímpicos da carreira.

Aos 37 anos, Nélson Évora acredita que pode voltar a saltar para o ouro olímpico. Seria uma despedida em grande do atleta português, que confessou que estes vão ser os últimos jogos da carreira.

É o único português em Tóquio que sabe o que é subir ao lugar mais alto do pódio numas olimpíadas e o último a ter conquistado ouro olímpico – em Pequim 2008. Agora vai ter a última oportunidade para repetir a proeza.

A experiência afasta a pressão do “adeus”. E salta entre a descontracção e a confiança.

Portugal já teve um campeão olímpico com 37 anos. Um exemplo de herói que chegou a animar desenhos. Nelson Évora que seguir os mesmos passo de Carlos Lopes.

Para além de Nélson Évora e Pedro Pichardo, também há Tiago Pereira. Portugal é dos poucos países com três atletas no triplo salto. A qualificação acontece dia 3 de agosto.

ACOMPANHE O ESPECIAL JOGOS OLÍMPICOS

A SIC EM TÓQUIO

VEJA MAIS: