Qatar 2022: Portugal

Ronaldo volta a ficar em “branco” e despede-se do Mundial 2022 sem apanhar Eusébio

Ronaldo volta a ficar em “branco” e despede-se do Mundial 2022 sem apanhar Eusébio
KAI PFAFFENBACH

Cristiano Ronaldo tem menos um golo em Mundiais do que o “pantera negra”. Ronaldo marcou 8 golos em 22 jogos, Eusébio marcou 9 em 6 jogos.

Cristiano Ronaldo despediu-se, este sábado, dos Mundiais de futebol, tendo em conta a improbabilidade de voltar em 2026, com mais um jogo em “branco”, falhando, ao 22.º jogo, o objetivo de igualar os nove golos do “rei” Eusébio.

Depois de se ter estreado na edição 2022 com um tento ao Gana (3-2), aos 65 minutos, de penálti, o “capitão” luso não conseguiu marcar ao Uruguai (2-0), à Coreia do Sul (1-2) e, já como suplente utilizado, à Suíça (6-1), nos “oitavos”, e a Marrocos (0-1), no adeus português, nos “quartos”.

Assim, Ronaldo, que se tinha tornado face aos africanos o primeiro jogador da história a marcar em cinco Mundiais, não conseguiu roubar a “coroa” de melhor marcador luso a Eusébio, que marcou todos os seus nove tentos nos seis jogos de 1966, e sai da competição sem qualquer golo em jogos a eliminar.

Eusébio segue no 15.º lugar do ranking dos melhores marcadores em campeonatos do Mundo, depois de ter sido ultrapassado, na sexta-feira, pelo argentino Lionel Messi, que somou o 10.º golo, enquanto Cristiano Ronaldo fica no lote seguinte, com oito, no 26.º posto.

O “pantera negra”, que só ficou a zero na estreia (3-1 à Hungria), marcou um golo à Bulgária (3-0) e dois ao Brasil (3-1), na fase de grupos, quatro à Coreia do Norte (5-3), para virar de 0-3 para 4-3, nos “quartos”, um à Inglaterra (1-2), nas “meias”, e um à União Soviética (1-2), no jogo do “bronze”.

O que Eusébio conseguiu em meio mês, entre 13 e 28 de junho de 1966, e seis jogos, Cristiano Ronaldo não logrou em mais de uma década e meia, e um total de 22 encontros, entre 11 de junho de 2006 e esta sexta-feira, 10 de dezembro de 2022.

O atual “capitão” luso, de 37 anos, marcou um golo em 2006, ao segundo jogo, fazendo o 2-0 de penálti ao Irão, outro em 2010, apontando o sexto tento no 7-0 à Coreia do Norte, e mais um em 2014, o do insuficiente triunfo face ao Gana (2-1).

Depois de ter feito golos em 13 jogos, e três edições, Ronaldo estreou-se em 2018 com um hat trick à Espanha (3-3), marcando igualmente um no jogo seguinte, frente a Marrocos (1-0), para fechar a prova com quatro tentos.

O avançado luso, sem clube depois de ter rescindido com o Manchester United, entrou no Mundial de 2022 com sete golos e saiu com oito, pois só marcou na estreia, sendo que, após a fase de grupos, também perdeu a titularidade, para Gonçalo Ramos. Eusébio vai continuar a ser, pelo menos até 2026, o líder luso e, provavelmente, já não será Ronaldo a destroná-lo.

Últimas Notícias
Mais Vistos