Orçamento do Estado

PCP volta a afirmar que sem alterações votará contra o Orçamento do Estado

“Não dizemos não porque não, ainda há tempo de encontrar soluções”.

Jerónimo de Sousa manifestou-se este sábado contra o que classificou como dramatizações e evocações de crise política.

O secretário-geral do PCP voltou a queixar-se de resistência por parte do Governo e diz que aguarda soluções até à votação na generalidade do Orçamento.

Ainda assim, voltou a garantir que como está o Orçamento do Estado para 2022 terá o voto contra do PCP.

“Na situação atual, considerando a resistência do Governo até este momento em assumir compromissos em matérias importantes (…) conta hoje com a nossa oposição com o voto contra do PCP. Não dizemos não porque não, ainda há tempo de encontrar soluções”, afirmou.

► VEJA MAIS:

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias