Orçamento do Estado

Orçamento do Estado para 2023 é o de "maior incerteza que vai ser feito em toda a democracia"

Loading...

Luís Marques Mendes considera que na parte financeira - défice e dívida - "é prudente e positivo", mas "bastante arriscado nas estimativas para o crescimento (...) e inflação".

O comentador da SIC, Luís Marques Mendes, afirma que o o Orçamento do Estado para o próximo ano é o de maior incerteza na história da democracia.

Marques Mendes explica que isso acontece porque nunca se viveu em "democracia um tempo de guerra na Europa".

Este é um "orçamento de guerra", considera Marques Mendes, que na parte financeira - défice e dívida - "é prudente e positivo", mas "bastante arriscado do lado das estimativas para o crescimento" e ainda "mais arriscado nas estimativas para a inflação".

Luís Marques Mendes espera assim que este orçamento seja "prudente, realista e sobretudo que o primeiro-ministro e ministro das Finanças falem verdade".

"As pessoas aceitam mais facilmente a verdade, mesmo quando não é a mais simpática, nem a mais agradável do mundo, que a mentira e ilusão."

Últimas Notícias
Mais Vistos