Operação Marquês

Operação Marquês. Ana Gomes critica António Costa e outros dirigentes do PS por continuarem em silêncio

Ana Gomes diz que "dá ideia de que, ou há comprometimento, ou há demissão de uma assunção de responsabilidades que o PS também tem de fazer".

Ana Gomes critica António Costa e outros dirigentes do PS por continuarem em silêncio em relação à decisão instrutória da Operação Marquês.

"Esse silêncio é de facto ensurdecedor. Dá ideia de que, ou há comprometimento, ou há demissão de uma assunção de responsabilidades que o PS também tem de fazer."

Acrescenta também que "não se pode deixar de tirar consequência políticas, sabendo que um primeiro-ministro do PS 'mercadejou' o cargo, que se aproveitou do cargo para tirar vantagens pessoais".

Em entrevista ao Jornal Público e à Rádio Renascença, a socialista acusa José Sócrates de estar ao serviço de uma estratégia de vitimização.

VEJA TAMBÉM: