Vacinar Portugal

Confiança dos europeus na vacina da AstraZeneca caiu de fevereiro para março

Suspensão da vacina afetou a perceção pública.

Os europeus estão mais reticentes quanto à vacina da AstraZeneca e têm mais reservas do que em relação às vacinas produzidas pela Pfizer/ BioNTech ou pela Moderna.

Esta é a principal conclusão de um estudo de opinião realizado pela empresa britânica YouGov, realizado em sete países - Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Espanha, Dinamarca e Suécia - entre os dias 12 e 18 de março, através de 8 mil entrevistas.

Os receios sobre a segurança e a possibilidade de formação de coágulos nas últimas semanas vieram danificar ainda mais a percepção pública da vacina produzida em cooperação com a Universidade de Oxford. Nas últimas duas semanas, pelo menos 13 países suspenderam a toma de vacinas da AstraZeneca.