Vacinar Portugal

Covid-19. Vacinar nas farmácias só em "último caso", diz Gouveia e Melo

Coordenador do plano de vacinação admite que farmacêuticos podem vir a apoiar a preparação de doses.

O coordenador do plano de vacinação contra a covid-19, diz que administrar vacinas nas farmácias será só em último caso.

Em entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, o vice-almirante Gouveia e Melo admite que os farmacêuticos possam ajudar na preparação das vacinas.

É preciso acabar com vacinação por grupos e avançar para vacinação por idades

O vice-almirante Gouveia e Melo defende também que "é preciso acabar com a vacinação por grupos de doenças e avançar para a vacinação por idades".

O líder do grupo de trabalho responsável pelo plano de vacinação contra a covid-19 vai ainda mais longe e diz que "não faz sentido ficar a maior parte da população à espera que se vacinem os grupinhos todos". Dessa forma, garante, vão "acumular-se doses em armazém que podiam estar a proteger pessoas".