Vacinar Portugal

O que acontece a quem tem menos de 60 anos e já tomou a 1.ª dose da AstraZeneca?

Diretora-geral da Saúde considera que três meses de intervalo entre as duas doses dão margem a Portugal para decidir próximos passos.

Agora que a vacina da AstraZeneca só será administrada a maiores de 60 anos, ainda não está definido o que acontece a quem está abaixo dessa idade e já tomou uma dose desta vacina.

Alguns países europeus, como França, equacionam usar outras marcas, como a Pfizer ou Moderna, para a segunda dose mas em Portugal ainda se pondera o que fazer a seguir.

A decisão, explicou esta manhã a ministra da Saúde, Marta Temido, "é dos peritos que compõem a comissão técnica de vacinação". A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, considera que três meses de intervalo entre as duas doses dão margem a Portugal para decidir próximos passos.

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros