Vacinar Portugal

Portugal aguarda parecer da EMA para decidir 2.ª dose das pessoas que tomaram vacina da AstraZeneca

Autoagendamento para a vacinação vai estar disponível a partir da próxima semana. 

Portugal aguarda o parecer da Agência Europeia de Medicamentos para decidir como dar a segunda dose às pessoas que tomaram a vacina da AstraZeneca.

Depois de três meses de alguma escassez, o plano de vacinação em Portugal entra agora em fase de cruzeiro, com a previsão de chegada de mais de 7 milhões de doses até junho.

Até final do mês de maio, deverão ficar vacinadas perto de 96% das pessoas que têm mais de 60 anos, o grupo etário onde ocorreu o maior número de mortes causadas pela covid.

A DGS inscreveu também como prioritários alguns doentes, como por exemplo, os que têm doença oncológica ativa, os diabéticos que fazem insulina, os imunodeprimidos, como os doentes de sida, os transplantados, os doentes neurológicos, os obesos e também quem tem doença mental.

Será também no final de maio que as pessoas que já tiveram covid há mais de seis meses começam a ser vacinadas.

Já na práxima semana ficará disponível a plataforma para o autoagendamento. O portal vai permitir que os elegíveis dentro da faixa etária que está a ser vacinada possam escolher o dia e hora para serem vacinados. Também será possível optar por um local de vacinação diferente do da área de residência.

Veja também: