Vacinar Portugal

Covid-19. Autoagendamento da vacinação já está disponível para maiores de 25 anos

Handout .

Autoagendamento permite que os cidadãos selecionem o local e a data em que pretendem ser vacinados.

O autoagendamento da toma da vacina contra a covid-19 já está disponível para pessoas a partir dos 25 anos na plataforma da Direção-Geral da Saúde (DGS) destinada a estas marcações.

A vacinação contra a covid-19 arrancou no domingo para os maiores de 18 anos mas, nesta altura, a marcação online está disponível apenas para as pessoas com mais de 25 anos.

Este processo de autoagendamento permite que os cidadãos selecionem o local e a data em que pretendem ser vacinados, recebendo depois uma mensagem SMS com a confirmação do dia, da hora e do centro de vacinação. A confirmação do agendamento implica que seja enviada resposta ao SMS.

Centros de vacinação começaram a funcionar com semáforos virtuais

A task force, que coordena a vacinação contra a covid-19, informou esta quarta-feira que os centros de vacinação começaram a funcionar com um sistema de semáforos virtuais que indica o período de espera.

No caso de a luz do semáforo virtual estar vermelha, estima-se que o tempo de espera seja superior a uma hora. Se estiver amarela a previsão do atendimento é entre 30 minutos a uma hora e quando a cor for verde o período provável de espera é de 30 minutos.

A afluência ao local onde se vai ser vacinado pode ser consultada através da página na Internet do Serviço Nacional de Saúde (SNS), em https://covid19.min-saude.pt/cvc.

36% DA POPULAÇÃO COM VACINAÇÃO COMPLETA

Um total de 3.720.680 pessoas têm a vacinação completa contra a covid-19 em Portugal, o equivalente a 36% da população residente, revela o relatório semanal da vacinação divulgado na terça-feira pela Direção-Geral da Saúde.

Segundo o relatório, que reporta dados até domingo, o número de pessoas com pelo menos a vacinação iniciada ascende a 5.740.878 (56%).

Ao todo, Portugal recebeu 10.994.160 doses e distribuiu 9.207.759 (nestes últimos números não estão incluídas as distribuições feitas nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores).

  • Merkel: mãe e verbo da Alemanha moderna

    Angela Merkel

    Carinhosamente chamada pelos alemães de "Mutti" (mãe), protagonizou um estilo único de fazer política na Alemanha. Não era uma grande oradora, nem fazia discursos inspiradores, mas a postura pragmática valeu-lhe respeito e admiração. "Merkeln" passou a ser verbo na Alemanha, em alusão à forma como a chanceler toma decisões.

    Ana Luísa Monteiro