Vacinar Portugal

Covid-19. Ordem dos Médicos pede prudência na vacinação das crianças até aos 16 anos

Intensivista pediátrico, Francisco Abecasis, indicou que podem surgir efeitos secundários nos mais jovens.

A Madeira planeia vacinar contra a covid-19, crianças a partir dos 12 anos e a ministra da Saúde reforçou na terça-feira que os menores de 18 anos vão começar a ser vacinados antes do começo do ano-letivo. Perante o alargamento das faixas etárias no plano de vacinação, o Intensivista pediátrico, Francisco Abecasis, avisa para as consequências de vacinar os mais novos.

Quando se começaram a vacinar crianças em outros países, especialistas começaram a identificar efeitos secundários da vacina contra a covid-19 que, nos adultos, eram considerados raros, como, por exemplo, miocardites.

A Ordem dos Médicos pede cautela na vacinação das crianças até aos 16 anos.

Para além disso, surge uma questão ética é levantada. Considera-se ilícito vacinar crianças para proteger adultos?

Veja também:

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia