Vacinar Portugal

Covid-19. Corrida às vacinas em França faz atingir máximo nos agendamentos

Sarah Meyssonnier

Emmanuel Macron anunciou que quem não tivesse a vacina ia ser alvo de restrições.

Em França, mais de 900 mil pessoas tentaram agendar a vacinação contra a covid-19, na noite desta segunda-feira. É o número mais elevado de sempre.

A corrida às vacinas começou depois do Presidente francês, Emmanuel Macron, ter avisado que quem não tivesse o certificado que comprova a vacinação ou um teste negativo iria ser alvo de restrições.

A apresentação do certificado digital passa a ser obrigatória no acesso a restaurantes, centros comerciais e cinemas e também nas viagens de comboio de longa duração.

Emmanuel Macron anunciou ainda que todos os profissionais de saúde têm de estar vacinados até dia 15 de setembro, de forma a evitar consequências nos serviços.

Veja mais: