A vacinação em Portugal e no Mundo

Covid-19. Restrições à vacina da AstraZeneca adiam vacinação dos professores

Ia decorrer este fim de semana, mas foi adiada.

A vacina da AstraZeneca contra a covid-19 só vai ser administrada a quem tiver mais de 60 anos. A decisão surge depois de mais de uma dezena de países terem aplicado restrições semelhantes. Esta limitação atrasa a vacinação de professores e funcionários, que ia decorrer este fim de semana. Foi adiada para o próximo.

O Governo e o Presidente da República queriam consenso a nível europeu. À falta dele, Portugal decide sozinho, mas segue os passos de outros países que já limitaram o uso da vacina da AstraZeneca.

Porque é em pessoas com menos de 60 anos que têm ocorrido os casos de coágulos sanguíneos que a Agência Europeia de Medicamentos já admitiu que podem estar ligados a esta vacina. Ainda assim, continua a recomendá-la para todas as idades porque diz que os benefícios superam os riscos e que estes efeitos secundários são muito raros.

Em Portugal já foram detetados dois casos de eventos tromboembólicos: um depois da dose da AstraZeneca e outro depois da toma de outra vacina.

As autoridades de saúde portuguesas preferem não arriscar, mas pedem tranquilidade a quem já tomou a primeira dose.

A decisão implica voltar a atrasar a vacinação dos professores e funcionários das escolas, que já arrancou depois do previsto, precisamente por causa das dúvidas sobre esta vacina.

Em Portugal já foram administradas 400 mil doses da AstraZeneca.

  • 2:07